Jardim Gramacho

 

A partir de 1993, Marcos Prado passou a frequentar o Jardim Gramacho, um enorme depósito de lixo que então funcionava na periferia do Rio de Janeiro, para fotografar o local e os catadores de lixo.Sete anos depois, Prado passou a fotografar uma personagem em particular, uma mulher de sessenta e poucos anos, chamada Estamira Gomes de Sousa.Ela não só lhe deu permissão como queria compartilhar com ele sua visão de mundo e sua filosofia de vida.

Assim, nasceu o projeto que deu origem ao longa metragem "Estamira"(2004), película que recebeu reconhecimento mundial e inúmeros prêmios.


 

1/1

© 2020 by Porto de Cultura